gototop
DER
FacebookTwitter
Vlibras Aumentar Contraste Cores Originais
Domingo, 11 Fevereiro 2018

SOBRE AS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA E DESEMPENHO DA ESTRUTURA DA PONTE DO BRAGUETO

  ASCOM
A Ponte foi inspecionada neste sábado (10/02/2018), por uma comissão composta por especialistas em estruturas, segurança estrutural e recuperação de estruturas civis:
 
> Por Professores da área de estruturas do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília - UnB
 
> Técnicos especialistas em estruturas da Novacap
 
> Técnicos especialistas em estruturas do DER/DF
 
> Prof. Márcio Buzar, Diretor Geral do DER/DF, Mestre e Doutor em Engenharia Estrutural, pela UnB, com larga experiência em projetos, execução e recuperação de estruturas.
 
A visita de Inspeção,  além de outras verificações técnicas,  compreendeu, basicamente, dos seguintes itens:
 
1) Inspeção no interior da Ponte, através dos pontos de visita;
 
2) Inspeção dos pilares, inclusive aqueles que se encontram dentro do Lago;
 
3) Inspeção das vigas principais de sustentação da ponte, inclusive nos vãos centrais de 50m e 60m;
 
As conclusões iniciais são as seguintes:
 
a) Os elementos estruturais que compõem o sistema estrutural resistente (longarinas, transversinas sobre os pilares e os pilares) não apresentam patologia estrutural significativa. Esses elementos estruturais, fundamentais para a resistência e estabilidade global da Ponte, podem ser considerados preservados
 
b) Os cabos de protensão do concreto protendido (técnica adotada no projeto e na execução) não apresentam evidências de relaxação ou corrosão. As armaduras passivas também não apresentam sinais visíveis de corrosão; Posteriormente, serão utilizadas técnicas mais precisas para a verificações de patologias, eventualmente, não detectadas na inspeção.
 
c) Nenhum ponto inspecionado apresentou problema estrutural que possa afetar a segurança da Ponte;
 
d) Foi medido o deslocamento vertical no  vão central de 60m, com utilização de um instrumento a laser. A flecha relativa estimada foi de L/460 (onde, L=vão de 60m). Isso significa que a Ponte apresenta um comportamento adequado no que se refere aos deslocamentos verificados. Isso é um bom indicador para a segurança da estrutura.
 
e) Durante a inspeção das vigas principais da estrutura, mesmo com a Ponte em uso, não foram percebidas vibrações que possam incomodar os usuários, outro bom indicador da segurança da Ponte.
 
f) As aberturas existentes na laje inferior da Ponte não são preocupantes. Isso porque a laje não faz parte do sistema estrutural resistente. Apesar disso, a recuperação dessas aberturas já foi iniciada na tarde deste sábado (10/02/2018).
 
g) Essas aberturas são provocadas pelo choque de veículos, que não obedecem o gabarito de 4 m (quatro metros) sob a Ponte. O que mesmo com a existência de sinalização indicativa para esse fim.
 
i) Para evitar tais danos serão instaladas barreiras sonoras e físicas que impedirão o choque de veículos com alturas superiores ao gabarito de 4 m da Ponte.
 
Portanto, é possível afirmar que, no momento e com as atuais condições de uso e de conservação, a PONTE DO BRAGUETO pode ser CONSIDERADA SEGURA.
 
Prof. Dr Márcio Buzar.
Diretor Geral do DER-DF
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias SOBRE AS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA E DESEMPENHO DA ESTRUTURA DA PONTE DO BRAGUETO